Proteína Vegetal

Proteína vegetal

Caracterização da Proteína 

As proteínas são macromoléculas orgânicas presentes nos organismos vivos como constituintes de todos os sistemas. Estas, depois da água, são os constituintes de maior quantidade no organismo. Elas são importantes nos processos de coagulação sanguínea, na formação de anticorpos, na catalisação de reações químicas, transportam substâncias no nosso organismo, constroem novos tecidos, são matérias primas para algumas hormonas, entre outras funções. Estão presentes nos alimentos como macronutrientes.

 

Proteínas Essenciais e Não Essenciais

As proteínas são constituídas por aminoácidos que podem ser de dois tipos, essenciais e não essenciais.

Os aminoácidos essenciais são aqueles cujo organismo vivo, embora precise para o seu bom funcionamento, não consegue produzir, dependendo exclusivamente da alimentação. Entre eles podemos encontrar fenilalanina; histidina; isoleucina; lisina; leucina; metionina; treonina; triptofano e valina.

Os aminoácidos não essenciais são aqueles que o organismo consegue produzir, não dependendo da alimentação para a sua aquisição total.

Existem dois tipos de proteínas, vegetais e animais, sendo diferenciadas pela sua constituição em aminoácidos e estrutura, que determinam por sua vez as diferentes funções das proteínas.

A proteína vegetal é a presente nos alimentos de origem vegetal que se caracteriza pelo seu baixo valor biológico quando consumidas isoladamente, ou seja, não são constituídas por todos os aminoácidos essenciais, nas proporções adequados ao organismo.

No entanto quando as suas fontes são conjugadas, conseguimos a plenitude dos aminoácidos essenciais.

Por exemplo, o arroz é rico nos aminoácidos metionina e cisteína, porém é pobre no aminoácido lisina, assim como os outros cereais. O feijão, por sua vez, apresenta todos os aminoácidos essenciais, sendo inclusive rico em lisina, mas é pobre em metionina e cisteína (aminoácidos sulfurados). Desta forma complementam-se e tornam um prato tão tipicamente português adequado às necessidades proteicas.

A soja e a ervilha são outras leguminosas ricas em aminoácidos essenciais e não essenciais que na dose certa poderão ser adequadas para suprir as necessidades proteicas do organismo. Para além disso a ervilha também é rica em ferro importante para a manutenção dos níveis de hemoglobina.

Estas proteínas, sendo de origem vegetal, são isentas de lactose.

Podes encontrar estas proteínas isoladas e combinadas entre si, para acrescentares à tua alimentação.

 

Vantagens da Proteína Vegetal

Em relação às proteínas animais, as vegetais têm vantagens uma vez que se encontram em alimentos com baixo teor de colesterol e gordura saturada, bem como, as suas fontes são também excelentes fontes de hidratos de carbono complexos e fibra, melhorando não só a absorção das mesmas como ainda não provocar alterações no tubo digestivo como por exemplo maior propensão ao desenvolvimento de cancro de estômago e intestino). A sua fácil digestibilidade e baixa produção de ureia na sua degradação pela célula também tem benefícios, nomeadamente a não sobrecarga renal, evitando lesões do mesmo.

 

Mas se consumir só proteína vegetal vou desnutrir ou perder músculo?

Não. Com o consumo exclusivo de proteínas de origem vegetal conseguirás manter o corpo em equilíbrio, desde que consumas os diversos fornecedores de proteínas vegetais como o arroz, milho, cogumelos, soja, feijão, ervilha, legumes.

Ainda conseguirás um bom aporte de ferro, magnésio, potássio, vitamina A e algumas do complexo B.

A utilização de suplementos de Vit. B12 por vezes são necessárias na alimentação exclusiva de proteínas vegetais pela falta de adequação nutricional.

 

Balanceia o teu consumo proteico, adequa o tipo de proteínas ao teu modo de vida.

Se precisares de ajuda, procura-me.

 

Pedro Lourenço (2061N)

WIEMSPRO PAREDES

 

 

Artigos relacionados

dieta alcalina dieta anti-inflamatoria
Dieta Alcalina, uma dieta anti-inflamatória
É correto afirmar que a Dieta Alcalina é uma Dieta Anti-inflamatória? Neste artigo evou explicar porque considero a dieta alcalina uma dieta anti-inflamatória. Mas antes, é necessário entender o que é...
gorduras saudáveis
O lado bom das gorduras: Omega-3 e Omega-6
As gorduras saudáveis Ómega-3 e Ómega-6   Para cobrir as tuas necessidades energéticas, é necessário o recurso aos macronutrientes existentes nos alimentos: Proteínas, Hidratos de Carbono e Gorduras. Sim, e...
Vitamina B12
Vitamina B12: micronutriente macro importante
Vitamina B12 : micronutriente mas macro importante O organismo humano é um complexo de órgãos e tecidos cujo bom funcionamento depende de substâncias intrínsecas e extrínsecas. A alimentação é uma...